0
Seu carrinho está vazio
Frete Fixo Sul e Sudeste (Quadros, Telas e Móveis R$ 19,90, Demais Produtos R$ 9,90)

Dicas

Textura na Decoração: O que é e como Usar

Publicado em 02.07.2019 |
Visualizações
9.896 visualizações
Imagem do autor Equipe de Redação Wevans
Equipe de Redação Wevans
Redator da Wevans

Muitos a negligenciam a textura por associar o conceito clean a superfícies lisas e sem nada por cima, achando que assim conquistam conforto e requinte na decoração – mas a verdade é muito oposta a esse pensamento.

Poucos sabem o que é ou como usar a textura, mas quando resolvem aplicar seus conceitos, é notório ver a surpresa estampada em seus rostos, resultado de estar em um cenário agradável, aconchegante e cheio de vida.

Texturas na Decoração

Para garantir que um espaço seja visualmente atraente, diversos elementos entram em cena para despertar nossos sentidos, como cores, formas, padrões, linhas e texturas. Elas basicamente compõem o fundamento de toda essa arte e dependem de um equilíbrio para criar um espaço receptivo e aconchegante.

O que é “Textura”, no conceito de Design de Interiores?

Trata-se da qualidade da superfície de um material: seus aspectos físicos. Vamos usar aqui a almofada como exemplo, e perceba a quantidade de tecidos que você já viu revestindo uma, sejam eles lisos, sedosos, bordados, etc.

Almofadas textura Decoração

Cada um desses materiais oferece uma diferente textura, e assim como as cores podem afetar a sensação de calor ou frio, as texturas podem influenciar e afetar o tom e o peso da composição.

Isso significa que se você tomar apenas uma decisão equivocada na escolha das texturas, poderá acabar impactando todo o restante do cenário.

Decoração sem Estímulos pode ser falta de Textura

Na hora de iniciar o projeto de um quarto ou da casa inteira, existem muitos elementos de design de interiores que viram prioridade, como é o caso das cores e da mobília – parece que temos olhos só pra isso.

O porém é que se concentrar apenas neles o resultado soa sempre tão inconsistente, plano e sem calor que no final das contas é preciso voltar à estaca zero. E adivinha só quem costuma faltar ou salvar nestas situações? A textura, lógico.

Ela ajuda a evidenciar e diferenciar vários objetos e superfícies, transformar a luz e influenciar a escala, como também comunicar um design específico.

Tipos de Texturas

É importante conhecer os diferentes tipos de texturas e como tirar o melhor proveito de cada uma, buscando identificar se é ou não condizente para o esquema do seu projeto. São elas, textura visual ou tátil.

Exemplos de Texturas

Textura visual faz um apelo imediato à vista, é uma textura que chama atenção, é vistosa e atraente. Já texturas táteis, por outro lado, além de chamar atenção, ainda emanam a necessidade do toque (superfícies de veludo, por exemplo, invocam o desejo ao toque).

Além de acrescentar o aspecto visual ou tátil, a textura ajuda a impor um estilo de decoração específico, como suaves e brilhantes para uma sensação moderna; ou ásperas e naturais para um efeito rústico.

Estes são alguns tipos de elementos com diferentes texturas, como:

  • Tijolo;
  • Madeira;
  • Pedra;
  • Metal;
  • Tecidos;
  • Vidros;

Por isso, antes de sair dando pitaco no que você deveria fazer, o ideal é escolher um estilo antes para saber mais ou menos que linha pretende seguir, garantindo uma maior e melhor coerência. Assim você elimina diversos outros elementos que poderia gostar, mas que bagunçariam o esquema articulado.

Do Conceito para a Prática: Aplicando Texturas

O jeito mais fácil de começar a aplicar texturas e entender seu potencial para cada espaço com certeza é através dos tecidos e têxteis. Tapetes, almofadas, capas, mantas, cobertores, panos e qualquer outro tipo de tapeçaria é bem-vinda. Geralmente são itens fáceis de ter em mão e os testes podem iniciar de imediato, permitindo até mesmo ajustar e substituir facilmente em uma atualização posterior. 

Observe na prática, como com pouco é possível obter excelentes resultados:

1. Observe nessa sala como o aconchego é obtido com sucesso através de tapetes, mantas e capas para almofadas

Tapetes Textura Decoração

2. Observe como as texturas naturais, como fibras e madeiras são capazes de trazer o ar do campo para o lar.

Texturas Rústicas

3. Estes adornos compõem um belo exemplo do que a textura, aliada a decoração, pode oferecer.

Elementos Textura Decoração

4. Cores escuras e quentes que, com acréscimo das texturas, recebeu ainda mais aconchego e calor. Destaque para a parede de tijolos e o cimento queimado no teto.

Sala Moderna

5. Quadrostelas decorativas também agregam textura as paredes e podem dar vida a composições exclusivas. Móveis também podem sobressair neste quesito.

Quadros Móveis Texturas

6. Um quarto só pode ser aconchegante com o calor da tapeçaria. Aqui, muitos elementos entram em cena, como os diferentes tecidos, presentes na cortina, abajur, cobertor, manta, tapete, almofadas e poltrona.

Quarto Elementos Texturizados


Evite o “mesmismo”: Ouse e mixe Texturas

Você pode obter resultados únicos e ainda mais vistosos ao permitir que a criatividade solte suas asas, algo que é necessário para o sucesso da composição.

Muitos se prendem a um tipo específico de textura e esquecem que existem outros infindáveis. O excesso do mesmo acaba deixando a visão sobrecarrega e confusa.


Mas e então, percebeu a importância e o fundamento em usar a textura na decoração? É chato em teoria e muito mais divertido em prática.

Comece agora mesmo pela sua sala, com as almofadas, tapetes e mantas. Você vai ver como o resultado fica impressionante; assim como jogar almofadas sortidas sobre a cama, em conjunto dos travesseiros.. diferentes tamanhos, formas. É garantia de sucesso.

E é brincando assim que a gente obtém as melhores ideias e revoluciona a tendência da decoração.. E sempre que precisar de uma loja confiável para comprar artigos com o melhor custo-benefício, saiba que a Wevans é seu lugar.

Fonte(s): Google.com, Pinterest, ConstruindoDecor, DecorFacil.

Perguntas Frequentes

Como combinar texturas na decoração?

Combinar texturas pode ser uma maneira eficaz de adicionar interesse visual e profundidade a um espaço. Para combinar texturas, você pode usar diferentes materiais e padrões que criam contraste. Por exemplo, um tapete peludo combinado com almofadas de linho pode criar uma sensação interessante de conforto e textura. No entanto, é importante não exagerar nas combinações de texturas, pois isso pode criar uma sensação desorganizada e confusa.

Como escolher a textura certa para o seu espaço?

Ao escolher a textura certa para o seu espaço, é importante levar em consideração o estilo geral da sua decoração e o tipo de ambiente que você deseja criar. Para um ambiente mais elegante, você pode optar por texturas mais suaves e sedosas, enquanto para um ambiente mais rústico ou acolhedor, texturas mais ásperas e orgânicas podem ser mais apropriadas. Além disso, também é importante considerar a praticidade da textura, por exemplo, escolher um tecido fácil de limpar para uma área de alto tráfego.

Como usar textura na decoração?

Existem várias maneiras de usar textura na decoração. Você pode adicionar textura em suas paredes, usando papéis de parede com textura ou tintas texturizadas, ou pode adicionar textura em seus móveis e acessórios, usando almofadas, tapetes e tecidos com texturas interessantes. A textura também pode ser adicionada por meio de objetos decorativos como vasos de cerâmica, esculturas, ou objetos em madeira.

Aceite os cookies e tenha uma melhor experiência em nosso site, consulte nossa Política de Privacidade.