0
Seu carrinho está vazio
Frete Fixo Sul e Sudeste (Quadros, Telas e Móveis R$ 19,90, Demais Produtos R$ 9,90)

Dicas

Como escolher o Tamanho do Quadro Decorativo?

Publicado em 26.04.2023 |
Visualizações
96.148 visualizações
Imagem do autor Equipe de Redação Wevans
Equipe de Redação Wevans
Redator da Wevans

Na hora de comprar seu novo quadro decorativo é normal que muitas dúvidas surjam. Algumas delas são muito pessoais, como o estilo da arte, as cores, enquanto que outras são definitivamente importantes e vão muito além de gostar ou não gostar, impactando completamente o profissionalismo da sua decoração.

Uma dessas características que devem ser analisadas com maior cuidado é o tamanho. Definir o tamanho certo significa acertar na proporção do quadro em relação aos demais itens presentes no espaço. Quadros grandes ou pequenos demais podem gerar sentimentos de incoerência e estranheza, arruinando completamente seus esforços na intenção de gerar um cômodo mais belo e sofisticado.

Hoje, vamos compartilhar com você dicas e orientações preciosas que vão te ajudar a definir o tamanho certo dos quadros e, assim, gerar cômodos modernos e refinados.

Como escolher o Tamanho do Quadro Decorativo?

Tamanhos Quadro Referência

Você provavelmente já ouviu alguém dizer que o que importa não são as respostas, mas sim as perguntas. Se você faz a pergunta certa, obtém a resposta certa. E na hora de escolher o tamanho do seu novo quadro decorativo, a primeira coisa que você deve fazer é procurar por respostas através da própria parede.

Isso quer dizer que, antes de querer comprar os quadros, você deve analisar o espaço em que existe o interesse de acrescentar a obra de arte e também o seu entorno, pois os objetos que compõem o cenário possuem suas particularidade (como cores e formas, por exemplo) e elas precisam conversar para harmonizar e atuar em equilíbrio com o novo adorno.

Tamanho Quadros Decorativos

Se sua decoração tiver um ar mais sóbrio e tradicional, pode ser que uma só peça seja o suficiente para adicionar requinte ao espaço. Enquanto que estilos mais despojados e contemporâneos, por conta de suas linhas e formas, preferem os conjuntos, que, através de um mix de tamanhos e cores, criam destaques em meio à decoração.

Mas agora, vamos aos passos importantes. Só antes, lembre-se que é impossível dizer para você qual o tamanho certo. O que podemos fazer, neste caso, é passar pra você aquilo que funciona na maioria dos casos e dar vários desses exemplos de sucesso para você se inspirar e, a partir deles, dar vida à sua própria criatividade. 

1. Tamanho do cômodo

Espaço Tamanho do Quadro

Qual é o lugar que você está planejando colocar essa arte? É uma sala de estar ou um corredor? A altura do pé-direito é padrão de 2,5 metros ou maior/menor que isso? Todos esses pormenores precisam ser levados em consideração antes de chegar a uma decisão.

Mas, de regra geral, o quadro não deve ser maior que 75% e nem menor que 50% do espaço destinado. Se você trabalhar entre esses valores conseguirá obter dois fatores importantes, que é a coerência no tamanho da arte, assim como sua emolduração – quando existe uma margem de parede em volta do quadro, criando uma segunda moldura de fundo.

2. Distância Visual

Espaço Quadro e seu Tamanho

Esse é um ponto que não é facilmente comentado. Mas se tratando de um tema tão delicado como a escolha do tamanho do quadro decorativo, é fundamental que tenha em mente a distância visual da obra de arte em relação ao espectador.

Se você colocar uma obra muito grande em um espaço sem recuo, fica impossível chegar a uma distância visual confortável. O mesmo para quadros pequenos com espaços de recuo enormes, que podem soar perdidos em meio à imensidão.

Tamanho Quadro Decorativo

Para que tenha uma noção aproximada de como o resultado poderá ficar, verifique nas descrições do quadro desejado quais são suas dimensões. Por fim, utilize uma trena para criar uma comparação no espaço final e ver se o produto coincide com suas necessidades.

3. Mobília

Mobília Tamanho Quadro Decorativo

Se sua intenção é comprar um novo quadro para por sobre um móvel, seja ele um sofá ou um balcão, é muito importante ter em mente que a decoração funciona como a construção de uma pirâmide, começando sempre do maior, na base, para o menor, no cume.

Dessa forma, o quadro que você vai escolher deve ter um tamanho aproximado à ⅔ ou ¾ do comprimento dos móveis, evitando que fique grande ou pequeno demais. O espaço entre móvel e o quadro deve ser de, pelo menos, 20 centímetros de altura.

Centralização Tamanho Quadro Decorativo

Uma dica valiosa que serve para você que pretende criar um conjunto de quadros sobre a mobília, é manter uma distância de 15 à 20 centímetros entre uma obra e a outra. Assim você obtém a área de respiro necessária e garante que a presença de todos os elementos não seja um exagero.

4. Centralização

Quadros Corredor Tamanho

Outro fator que influencia muito na escolha do tamanho do quadro certo é a centralização. Em outras palavras, um quadro decorativo é feito para ser admirado, transmitir sentimentos e adicionar valor à decoração de um lar. Mas para que isso aconteça, é necessário ter não apenas o devido recuo, como também uma centralização perfeita ao alcance dos olhos.

Em uma simples analogia, quando você vai ao cinema, ninguém quer pegar os primeiros lugares da fila, pois a tela fica acima da altura dos olhos e nos deixa em uma posição desconfortável. O normal, nestes casos, é escolher os lugares superiores, com maior campo de visão, colocando a tela em uma posição central e confortável para ser assistida.

Tamanho Quadro na Decoração

O mesmo conceito vale para os quadros. Ele deve ser posicionado entre 142,5 a 150,5 centímetros do chão, dando margem para que a visão percorra todos os ângulos sem sofrer para enxergar seus detalhes. Dependendo do espaço, esse valor pode influenciar e também limitar os tamanhos adequados da peça perfeita para o seu projeto. Mas é lógico que nem sempre os conselhos funcionam e as regras estão aqui para serem quebradas. 

5. Efeito

Efeito Tamanho Quadro Decoração

Por fim, temos o efeito. Fizemos uma breve citação sobre isso no início da matéria, atentando para o fato de observar o cenário e usar essas informações para fundamentar sua escolha.

Quando olhamos a sala em que vamos colocar um novo quadro, por exemplo, antes de escolher o tamanho observamos como o cômodo é: se é estreito ou amplo, com teto alto ou baixo e, com esse agrupado de confirmações é possível definir não só o tamanho do quadro, como o efeito que ele vai proporcionar.

Tamanho do Quadro na Decoração

Quadros posicionados na vertical, por exemplo, causam a impressão de um teto mais alto. Já quando utilizados na horizontal, acabam alongando o cenário, causando sensação de amplitude.

Quais os erros mais comuns na hora de escolher um quadro decorativo?

Alguns erros comuns na hora de escolher um quadro decorativo são:

Não levar em consideração o estilo da decoração: é importante escolher um quadro que se encaixe com o estilo da decoração do ambiente. Um quadro moderno pode não ficar bem em um ambiente mais clássico e vice-versa.


Escolher um quadro muito pequeno ou muito grande: é importante escolher um tamanho de quadro proporcional ao tamanho da parede e do ambiente. Um quadro muito pequeno pode se perder em uma parede grande, enquanto um quadro muito grande pode sobrecarregar o ambiente.


Não pensar na harmonia das cores: é importante escolher um quadro que tenha cores que harmonizem com as cores presentes no ambiente. Cores conflitantes podem causar desconforto visual.


Colocar o quadro em uma altura inadequada: o quadro deve ser colocado em uma altura que permita que seja visto com facilidade, mas não deve ficar nem muito alto nem muito baixo. A altura ideal é em torno de 1,60m a partir do chão.


Escolher um quadro apenas por gostar da imagem: é importante levar em consideração o significado e a mensagem que o quadro passa. O quadro deve ter um propósito e agregar valor ao ambiente.

Como definir o Tamanho do Quadro na decoração?

Obter sucesso na escolha do tamanho do quadro decorativo exige muitos cuidados que envolvem uma boa análise/leitura de espaço, o que pode ser completamente relativo, obtendo-se assim diferentes resultados – o que não é impossível, muito pelo contrário. Você chega a resultados através de várias vertentes.

Tudo que você precisa é seguir as orientações recomendadas que, com elas, é possível conquistar uma boa chance de acerto e revolucionar seu décor. Para isso, você deve observar altura, disposição da mobília e diversos outros detalhes para obter o máximo de informação. Com elas em mão você detecta padrões (comunicação entre cores, formas, texturas) que ajudam a encaixar novos objetos dentro da decoração, tais como os quadros.

Esperamos que alguma dessas dicas possam ter sido úteis em realação a sua dúvida com o tamanho dos quadros. Aproveite sua visita para conhecer nossa vitrine de produtos e encontrar lá sua nova obra de arte.

Compartilhe nossas dicas do Blog da Wevans, com seus amigos e familiares, ou em suas redes sociais, para ajudá-los na escolha do melhor quadro decorativo!

Fonte(s): Google.

Perguntas Frequentes

Como escolher o tamanho do quadro para um cômodo?

É importante analisar o tamanho do cômodo, antes de escolher o quadro desejado. Isso, pois o quadro não deve ocupar um espaço 75% maior que o local destinado, nem mesmo 50% menor. Para que fique em uma proporção correta, é importante colocar uma peça com as medidas corretas e assegurar um ambiente harmônico e muito lindo!

Escolher o quadro perfeito para o ambiente, é uma missão difícil?

Fazer a escolha correta do quadro, para determinado espaço, não é uma tarefa impossível, mas requer atenção em alguns detalhes, como por exemplo, o tamanho do espaço em que você deseja colocá-lo, a distância visual, a mobília, centralização, o efeito e claro, a harmonização com os demais móveis, tons e adornos que já estão presentes no ambiente.

Quais os erros mais comuns na hora de escolher um quadro decorativo?

Dentre os erros mais cometidos, estão a posição errada em que o quadro é colocado, desconsiderando as medidas corretas, deixando-o descentralizado, com um posicionamento equivocado e um tamanho desproporcional. Além de escolher o quadro, sem analisar o estilo de decoração do seu cômodo e não conferir a paleta de cores, para garantir que a peça ficará harmônica.

Ofertas Especiais

Aceite os cookies e tenha uma melhor experiência em nosso site, consulte nossa Política de Privacidade.