0
Seu carrinho está vazio
Frete Fixo Sul e Sudeste (Quadros, Telas e Móveis R$ 19,90, Demais Produtos R$ 9,90)

Dicas

Como escolher a cortina certa para cada cômodo? 15 dicas essenciais!

Publicado em 29.01.2024 |
Visualizações
141 visualizações
Imagem do autor Equipe de Redação Wevans
Equipe de Redação Wevans
Redator da Wevans

As cortinas desempenham um papel crucial na decoração de interiores, proporcionando não apenas estilo, mas também funcionalidade aos ambientes, por isso saber escolher a cortina correta para cada cômodo é essencial, e nós do Blog da Wevans preparamos esse conteúdo com tudo o que você precisa saber!

Por que é importante ter cortinas nos ambientes?

Existem várias razões pelas quais é importante ter cortinas nos ambientes, e essas vão além da simples questão estética. Entenda:

Privacidade:

As cortinas proporcionam privacidade, impedindo que pessoas do lado de fora vejam o interior de sua casa ou escritório. Isso é crucial, especialmente em áreas urbanas ou locais onde as residências estão próximas umas das outras.

Controle da Luz:

As cortinas permitem que você controle a quantidade de luz que entra em um ambiente. Isso é útil para ajustar a iluminação natural de acordo com suas preferências ou necessidades, seja para criar um ambiente mais acolhedor à noite ou para bloquear a luz solar intensa durante o dia.

cortina no quarto

Foto: Divulgação

Proteção contra Raios UV:

Cortinas também desempenham um papel na proteção de móveis, pisos e objetos de decoração contra os efeitos nocivos dos raios ultravioleta. Esses raios podem causar descoloração e danos ao longo do tempo.

Isolamento Térmico:

Cortinas podem ajudar a regular a temperatura em um ambiente. Elas podem manter o calor dentro durante os meses mais frios e bloquear o calor excessivo durante os meses quentes. Isso contribui para a eficiência energética, ajudando a reduzir os custos de aquecimento e resfriamento.

Redução de Ruído:

Cortinas mais pesadas e densas podem ajudar a absorver o som e reduzir a entrada de ruídos externos, proporcionando um ambiente mais tranquilo e confortável.

Decoração e Estilo:

Além de sua função prática, as cortinas desempenham um papel importante na decoração de interiores. Elas podem complementar o estilo do ambiente, adicionando cor, textura e padrões.

Segurança:

Em alguns casos, as cortinas também podem contribuir para a segurança, especialmente à noite, ao impedir que pessoas de fora vejam o interior da sua casa.

Por isso, ter cortinas nos ambientes vai além da estética, oferecendo benefícios práticos e funcionais que afetam diretamente o conforto, a privacidade e a eficiência energética do espaço.

Como escolher a cortina certa para cada cômodo?

Escolher a cortina certa para cada cômodo envolve considerar vários fatores, como a função do espaço, o estilo de decoração, a quantidade de luz desejada e a privacidade necessária. Confira algumas dicas gerais que podem ajudar:

Função do espaço:

Saiba escolher a cortina correta de acordo com a função do local:

Sala de estar:

Cortinas mais elegantes e decorativas são adequadas para salas. Tecidos mais pesados podem proporcionar maior privacidade e bloqueio de luz.

Quarto:

Para o quarto, opte por cortinas mais espessas e que possam bloquear a luz, proporcionando privacidade adicional. Tons mais escuros podem ajudar a criar um ambiente mais aconchegante.

Cozinha:

Cortinas leves e laváveis são ideais para a cozinha. Escolha tecidos que possam ser facilmente limpos, pois a cozinha é propensa a sujeira e odores.

Banheiro:

Tecidos que resistem à umidade são essenciais para o banheiro. Cortinas do tipo persiana ou cortinas de tecido resistente à água são boas opções.

Estilo de decoração:

  • Casual: Cortinas simples, em tons neutros ou padrões discretos, podem ser apropriadas.
  • Formal: Cortinas mais elaboradas, como cortinas de seda ou veludo, podem se adequar a ambientes mais formais.

Luz natural

  • Sala de estar: Se você deseja controlar a quantidade de luz natural, escolha cortinas com opções de abertura e fechamento ajustáveis, como persianas ou cortinas com trilhos.
  • Quarto: Cortinas blackout são ideais para bloquear a luz e garantir uma boa noite de sono.

Tamanho e proporção:

Certifique-se de que as cortinas sejam proporcionais ao tamanho das janelas e do espaço. Cortinas muito curtas ou longas demais podem parecer desajeitadas.

Cor e padrão:

Escolha cores e padrões que complementem a paleta de cores do ambiente. Cortinas podem ser usadas para adicionar contraste ou se misturar harmoniosamente com o restante da decoração.

Lembre-se de que essas são apenas dicas, e a escolha final deve refletir seu gosto pessoal e a funcionalidade específica de cada cômodo. Experimentar amostras de cortinas no ambiente antes de fazer uma escolha final também pode ajudar a visualizar como as cortinas se integrarão ao espaço.

Cortina no cômodo certo

Como saber que tamanho de cortina preciso?

Determinar o tamanho correto das cortinas é importante para garantir que elas se encaixem adequadamente e proporcionem a cobertura desejada. Veja dicas para ajudá-lo a determinar o tamanho certo das cortinas:

Meça a largura da janela:

Meça a largura da janela de uma extremidade à outra. Se você tem mais de uma janela em um mesmo ambiente, meça cada uma separadamente.

Decida sobre a cobertura desejada:

Decida se você quer que as cortinas cubram apenas a janela ou se prefere uma cobertura mais ampla, estendendo-se além das bordas da janela para criar um visual mais amplo e decorativo.

Considere o comprimento desejado:

Meça a altura da janela ou do local onde você deseja que as cortinas terminem. Considere se deseja que as cortinas toquem o chão, sejam um pouco mais curtas ou se estendam além do chão para um efeito mais dramático.

Adicione a largura para garantir plenitude:

Para criar uma aparência mais cheia e luxuosa, adicione cerca de 20% à largura medida. Isso ajuda a evitar que as cortinas pareçam muito esticadas quando fechadas.

Escolha a altura correta da haste ou trilho:

Certifique-se de medir a altura correta para a haste ou trilho da cortina. Se você planeja instalar a haste acima da janela para criar uma ilusão de altura, meça a partir desse ponto.

Adapte às suas preferências estéticas:

Considere o estilo desejado, se prefere cortinas mais fluidas ou mais estruturadas, e ajuste as medidas de acordo com suas preferências pessoais.

cortina para casa

Foto: Reprodução

E aí, gostou?

E aí, gostou das dicas que preparamos para você? Agora ficou bem mais fácil escolher a cortina perfeita para os seus ambientes, não é mesmo? Para mais dicas de decoração e conteúdos como esse continue acompanhando nosso Blog e a Loja Wevans!

Perguntas frequentes

Como escolher cortina para sala de estar?

Escolher a cortina certa para a sala de estar pode influenciar significativamente na aparência e na atmosfera do ambiente. Considere o estilo geral da sua sala de estar. Se é mais clássica, contemporânea, rústica ou minimalista, escolha cortinas que se harmonizem com esse estilo. Escolha cores que complementem a paleta de cores da sala. Pode ser uma cor que destaque um tom existente ou uma cor neutra que se misture ao ambiente. O tipo de tecido das cortinas também é importante. Tecidos mais leves, proporcionam uma sensação arejada, enquanto tecidos mais pesados, como veludo, adicionam opulência. Considere a quantidade de luz que deseja permitir na sala ao escolher o tecido. Tecidos mais leves permitem mais luz natural. O comprimento das cortinas pode variar de acordo com a preferência pessoal. Cortinas que vão do teto ao chão geralmente criam uma aparência mais elegante e alongam visualmente o espaço. Existem diferentes estilos de cortinas, como cortinas de pregas, cortinas romanas, persianas e cortinas de painel. Escolha o estilo que melhor se adapte ao seu gosto e às necessidades práticas da sala. Além disso, pense na praticidade. Tecidos que podem ser lavados facilitam a manutenção, enquanto tecidos mais delicados podem exigir limpeza a seco.

Como escolher a cortina certa para cozinha?

A cozinha é um ambiente onde ocorrem respingos de água, gordura e alimentos. Escolha um material resistente e fácil de limpar, como algodão, poliéster ou misturas de tecidos que possam ser lavados na máquina. Opte por cores e padrões que não mostrem facilmente manchas e se misturem bem com a decoração da cozinha. Tons neutros, como branco, bege, cinza e verde, são escolhas populares. Considere o tamanho da janela ao escolher o estilo da cortina. Para janelas pequenas, cortinas mais curtas podem ser mais adequadas, enquanto janelas maiores podem ficar melhor com cortinas mais longas e elegantes. Se a janela estiver próxima a áreas de preparo de alimentos ou pias, escolha cortinas que possam ser facilmente abertas e fechadas sem atrapalhar as atividades diárias na cozinha. Cozinhas geralmente têm altas temperaturas e umidade. Certifique-se de que o material da cortina seja resistente a essas condições para evitar danos ao longo do tempo. Além disso, considere adicionar acessórios, como barras decorativas, pingentes ou amarras, para dar um toque de estilo à cortina e à cozinha como um todo.

Como saber o tamanho certo da cortina para a janela?

Meça a largura da janela de um lado ao outro. Se você tem cortinas de varão, geralmente é recomendável adicionar de 20 a 30 centímetros em cada lado para permitir que as cortinas cubram completamente a janela quando estão abertas. Decida a altura desejada para as cortinas. Elas podem terminar logo acima do parapeito da janela, tocar o chão ou ficar um pouco mais longas para um visual mais dramático. Meça a partir do ponto onde você pendurará as cortinas até o ponto desejado no chão. Dependendo do estilo de cortina escolhido, você pode precisar de mais ou menos tecido. Cortinas mais pesadas, como cortinas blackout, podem precisar de mais tecido para parecerem cheias e luxuosas. Se você quer que as cortinas tenham uma aparência mais cheia e com dobras, considere adicionar cerca de 2 a 3 vezes a largura da janela ao total. Isso proporcionará uma aparência mais volumosa quando as cortinas estiverem fechadas. Além disso, janelas de tamanhos e estilos diferentes podem exigir abordagens diferentes. Por exemplo, para janelas altas podem ser adequadas cortinas mais longas para criar a ilusão de altura.

Aceite os cookies e tenha uma melhor experiência em nosso site, consulte nossa Política de Privacidade.